Soft power será o tema do Rio2C 2023

O Rio2C retorna à Cidade das Artes, de 11 a 16 de abril de 2023, com ainda mais oferta de conteúdo. O conceito de soft power que se traduz em uma influência indireta capaz de moldar desejos e preferências através da cultura, valores políticos e políticas externas –, é o tema norteador dos mais de 500 painéis previstos com mais de 1.000 palestrantes. 

A cada edição adotamos um tema que direciona os trabalhos. Em 2023, o soft power será a nossa bússola. Trata-se de um artifício de construção de uma ideia a longo prazo, de forma subliminar. Vivemos na era da influência e o Brasil é um celeiro infinito de ativos para o uso dessa estratégia. A floresta amazônica, por exemplo, é um símbolo com enorme potencial para a construção da imagem do país, assim como a cultura e a diversidade do nosso povo.

Rafael Lazarini, idealizador, fundador e CEO do Rio2C.

Conheça as novidades do Rio2C 2023 

PALCOS 

Dois novos palcos – o “Arts & Crafts, dedicado a design, moda e arquitetura, e o “Game+”, destinado ao universo dos jogos eletrônicos – se somam aos nove espaços multidisciplinares e transversais que já ocuparam a Cidade das Artes em 2022. São eles: “Global Stage”; “Storyvillage”; “Brainspace”; “House of Brands”; “Biodom”; “New Frontier”; “Future U”; “Soundbeats”; “Screening Room”. 

“O ‘Arts & Crafts’ vai apresentar discussões sobre como o design, a moda, a arquitetura e as artes impactam a sociedade, enquanto expressões culturais. O “Game+” ganhou um palco exclusivo devido ao enorme sucesso do tema no summit realizado na edição do ano passado”, explica Lazarini. 

PROGRAMAÇÃO 

A programação de painéis terá uma conversa entre o casal alemão Baran bo Odar e Jantje Friese, criadores da aclamada série “Dark”, bem como um bate-papo do cineasta Fernando Meirelles (“Cidade de Deus”, “O Jardineiro Fiel” e “Ensaio Sobre a Cegueira”) com o produtor canadense Niv Fichman (“O Violino Vermelho” e “O Quarto Proibido” e “Ensaio Sobre a Cegueira”).  

O futurista Brett King, autor do livro “The Rise of Technosocialism: How Inequality, AI and Climate Will Usher in a New World”, Pam Kaufman, presidente e CEO para mercados internacionais da Paramount, e a cantora Ludmilla também estão entre os primeiros 50 palestrantes confirmados na edição. 

O evento vai inaugurar ainda três summits inéditos. Fruto de parcerias com as empresas Play9, SBF/NWB e a revista Forbes, respectivamente, os fóruns tratarão de inovação nos segmentos de cultura digital, de esportes e mercado de capitais, este último com foco em criptoativos e ativos verdes. Realizados no dia de abertura do Rio2C, eles se juntarão ao já tradicional summit de marcas e conteúdo Meio & Mensagem, uma colaboração iniciada em 2018.  

MERCADO 

Dedicado à realização de negócios na indústria criativa, o Mercado do Rio2C movimenta centenas de milhões de reais nos setores de audiovisual, inovação e música a cada edição. O evento também terá como novidade a abertura do pitching editorial, em que empresas do setor poderão negociar os direitos autorais de futuros lançamentos de ficção e não-ficção com produtoras e plataformas de streaming.  

Além das Rodadas de Negócios, que conectam os players em reuniões individuais com proponentes de projetos de diferentes setores, o Rio2C também gera oportunidades nos pitchings, oferece mentorias com especialistas do mercado e lança Desafios Corporativos. 

Novidades do Mercado

Pitching de Startups: o Mercado de Inovação do Rio2C busca negócios de impacto que estejam engajados com um ou mais dos 17 (ODS) objetivos de desenvolvimento da ONU e alinhados às verticais da economia criativa. É dividido em 4 verticais: consumo; entretenimento; educação e trabalho; e impacto. Com uma banca de investidores, oferece prêmios para cada setor. 

Pitching Editorial: o Rio2C se aproxima de mais um setor da economia criativa e promove a conexão entre autores, agentes literários, editoras e players do audiovisual. O objetivo da iniciativa é fomentar negócios no setor editorial, estabelecendo pontes entre autores independentes e agentes de editoras, conectando obras literárias ao segmento audiovisual para adaptações. 

Pitching Creator: O Rio2C apresenta mais uma possibilidade de negócios para o setor audiovisual e o que era exclusivo para empresas agora também está acessível diretamente a criadores independentes. Produtoras, estúdios e plataformas de streaming de grande e pequeno porte buscam projetos baseados em propriedades intelectuais de diferentes formatos. Desenvolvedores de games, podcast, websérie, curta-metragem ou qualquer tipo de autor de propriedade intelectual, terão a oportunidade de apresentar suas ideias a produtores e executivos do mercado audiovisual através dessa nova modalidade de pitching. 

PitchingShow: o Rio2C se tornou a maior plataforma de lançamento de novos artistas da América Latina e reúne os principais profissionais da indústria da música – gravadoras, rádios, plataformas digitais, empresários, curadores de festivais e jornalistas – para descobrirem os próximos grandes nomes do mercado. Com inscrição gratuita e logística paga pelo Rio2C, os 12 artistas escolhidos pela comissão da música e por voto popular fazem um pocket show para quem efetivamente pode mudar suas carreiras. 

FESTIVALIA  

No fim de semana, o público terá a chance de vivenciar experiências imersivas com games e realidade virtual e aumentada, além de assistir e participar de uma série de palestras, oficinas e masterclasses com grandes nomes da indústria criativa (a programação será anunciada mais adiante). 

X













    Sim, desejo receber informações sobre ofertas exclusivas, comunicações comerciais e notícias do Rio2C e seus parceiros através de qualquer meio físico ou digital.