PROGRAMAÇÃO

Voltar a programação

28-04-2022

17:30 - 18:30

Futuro do Entretenimento

GLOBALSTAGE

Com o avanço cada vez mais rápido das novas tecnologias e a transformação digital, a propriedade intelectual e o entretenimento ganharam novas dinâmicas. Neste painel, serão apresentados com exclusividade pela OMPI (Organização Mundial da Propriedade Intelectual) dados inéditos sobre o impacto do COVID-19 sobre as indústrias criativas, seguida sobre uma discussão sobre mudanças e tendências que moldarão as diferentes áreas da indústria, tanto para artistas, criadores e empresas, mas também para o público em geral

Palestrantes

Sylvie Forbin

Após seus estudos, Sylvie Forbin ingressou no Quai d'Orsay em 1983 e teve uma carreira diplomática internacional de 18 anos. Desde 1989, ela se especializou em regulamentação audiovisual e assuntos culturais. Entre 2002 e 2016, ela trabalhou na Vivendi Universal, onde atuou como Vice-Presidente Sênior de Assuntos Públicos e Europeus. Ela se concentrou em duas atividades principais da Vivendi (ex Grupo Vivendi Universal), Telecom e Mídia, onde esteve envolvida com novos serviços de conteúdo, incluindo novos modelos de negócios e tópicos relacionados a IP. Sylvie é a Diretora Geral Adjunta da OMPI para Direitos Autorais e Indústrias Criativas desde setembro de 2016.

Rodrigo Salinas

Marcelo Castello Branco

O atual CEO da União Brasileira de Compositores, organização de gestão coletiva líder no Brasil, é um executivo com 30 anos de experiência na indústria da música. Durante sua carreira, foi peça fundamental no crescimento da música brasileira aqui e em outros mercados, como a América Latina, Espanha e Portugal,. É Presidente do Conselho de Administração da Cisac. Ajudou grandes nomes da música a ultrapassar as barreiras e se beneficiar com os meios digitais e novos modelos de negócio. Atuou como Presidente da Universal Music Brasil, Cone Sul e Península Ibérica e da EMI Music Brasil / América do Sul e Central. É membro do Conselho do Latin Grammy.

Iafa Britz

Migdal Filmes

Iafa Britz tem em seu currículo mais de 30 filmes e séries, tendo levado aos cinemas mais de 40 milhões de espectadores. Pela Migdal Filmes, onde atua desde 2010, produziu desde a trilogia de “Minha Mãe é Uma Peça” - fenômeno de público no pais - até o premiado drama "Casa Grande". Entre os titulos produzidos estão também “Irmã Dulce”, “Linda de Morrer”, “Nosso Lar” (co-produção c/ Cinética Filmes), e o documentário musical “Cássia Eller”. Recentemente lançou o aclamado “M-8 – Quando a Morte Socorre a Vida” (Netflix) , as comédias "Carlinhos e Carlão" e “Amarração do Amor” (Amazon Prime Video); além das séries “As Canalhas” (GNT); “220 Volts” (Multishow), e “Matches” (Warner Channel).

X













    Sim, desejo receber informações sobre ofertas exclusivas, comunicações comerciais e notícias do Rio2C e seus parceiros através de qualquer meio físico ou digital.