Ministério da Cidadania, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro,
Prefeitura do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS apresentam:

Beleza GG: do RioContentMarket para o Canal E!

Negociado na edição de 2017 do RioContentMarket, a primeira temporada do reality documental Beleza GG estreou com exclusividade no Canal E!. A série original brasileira mostra de perto a realidade do mercado plus size na moda.

“O que me chamou atenção no projeto foi o fato de estar conectado com a missão estratégica do canal de diversidade e inclusão e de estar sempre promovendo as tendências da cultura pop no mundo”, explica Marcelo Coltro, vice-presidente sênior de Marketing Digital e Criativo da América Latina, executivo brasileiro responsável pela programação e produções originais do E! Entertainment Brasil.

Produzida pela Manjubinha Filmes em parceria com o E!, a série retrata o dia a dia de três modelos, cada uma delas em um estágio diferente da carreira. Depois de fazer sucesso nos Estados Unidos e Europa, a modelo Fluvia Lacerda faz sua primeira participação no São Paulo Fashion Week e batalha para a consolidação do mercado plus size no país.

No programa, a modelo Mayara Russi conta as dificuldades para conseguir um contrato com uma agência internacional, ao mesmo tempo que luta com o fato de usar manequim 50, considerado fora do padrão do mercado. Já Denise Gimenez, pioneira do segmento no país e duas vezes Miss Brasil Plus Size, lida com uma significativa perda de peso e tenta se reinventar aos 37 anos.

“O Beleza GG acompanha um reposicionamento feminino na sociedade e dá voz às mulheres conquistaram o mundo da moda, que é cada vez mais inclusivo. O programa ajuda a educar a audiência a entender de uma forma orgânica e natural a representação da sociedade, mostrando suas barreiras e seus tamanhos”, completa Marcelo Coltro.

A estratégia elaborada pelo executivo é de dobrar o número de produções brasileiras na grade do canal, abrindo espaço para diversos gêneros de programas. E ainda, consolidar a posição do E! como canal da cultura pop, promovendo tendências e conteúdos relevantes para as mais variadas gerações.

Ministério da Cidadania, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro,
Prefeitura do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS apresentam:

patrocinadores

fique conectado